05/04/2016

Primeiras Impressões: Hundred, Seisen Cerberus, Bakuon!!

Yooo minna-san. Estamos de volta hehe... Agora com Hundred, Seisen Cerberus: Ryuukoku no Fatalités e Bakuon!!.
Vamo lá...
Começando... Hundred.
Eu esperava mais desse. Principalmente em quesito Ecchi, hehe. Nesse primeiro episódio não houve nada mais que FanService.
Eu achava que seria um puro Clichê. Mas me surpreendeu. O episódio foi louco, só deu pra entender o que tava rolando na metade do episódio.
Hundred tava muito parecido com Taimadou Gakuen 35 Shiken Shoutai. Em vários fatores, principalmente em aparência de personagens, no caso, Character Design.
Animação bem mediana, e traços simples de mais! Faltou um charme.
Uma trilha sonora bem mediana também.
A Production IMS começou péssima em Ação, como visto em Shinmai Maou no Testament, e em Active Raid já conseguiram melhorar bastante a animação de cenas de ação.
Esse episódio de Hundred acabou quando a luta ia começar. A direção deve ter ralado pra conseguir finalizar o episódio assim, hehehe.
Enfim... veremos se evoluíram na ação, no próximo episódio.
Hundred segue Hayato, um garoto que se envolveu no passado, com um Savage, criaturas monstruosas que destroem qualquer ser em seu caminho. Hayato entra numa Academia que Treina Slayers, pessoas que lutam contra Savages. Esses Slayers possuem um cristal, denominado Hundred, esses cristais criam a "armadura" e armas de cada Slayer.
Essa é a proposta. Veremos como vai desenrolar toda a história posteriormente.
Agora... em Hundred... Fiquei bugado. Tinha um Coca que eu achava que era Fanta. Mas disseram que era Coca mesmo. Mas dá a entender que é Fanta.
Não entenderam? Vê ae.
No Anime, geral fala que esse ser da esquerda, de cabelo branco, é homem. Mas é tipo o Gasper (DxD). Por isso eu digo: Essa Coca é Fanta. #SóAcho.
Enfim... Estreia bem mediana mesmo!
Avaliações:
Animação: 8.5/10
Enredo: 8.5/10
Direção: 8.5/10
Entretenimento: 8.5/10
Soundtrack: 08/10
Avaliação Geral: 8.5/10

E agora... Seisen Cerberus: Ryuukoku no Fatalités.
Se não me engano... É adaptação de Game. Essa é a segunda adaptação de game que acabei curtindo pakas. (A primeira é Monster Strike, que terá S2 nessa temporada). Uma animação de mediana pra boa, alguns cortes de ação pouco fluidos, mas compensaram a falta de fluidez com efeitos na animação.
Seisen Cerberus não revelou o ponto chave de seu enredo, ainda. Mas ao que parece, o anime vai girar em torno da "vingança" do Protagonista, Hiiro, para com o Dragão que matou seus pais e parte de seu povo.
O anime segue um estilo bem cômico, apesar de ter ação como foco principal. Teve uma esrreia até legal. Mais da metade do episódio com ação. Ação não faltou em nada... hehe.
Minhas expectativas aumentaram um pouco pra Seisen Cerberus, depois dessa estreia. Espero que fique melhor ao decorrer do anime.
A direção conseguiu um efeito similar ao de Hundred. Acabou o primeiro episódio quando o circo ia pegar fogo hehe. A direção certamente conseguiu um feito e tanto! Adaptação pra game, e conseguiram um impacto mediano ao decorrer da estreia.
Avaliações:
Animação 8.5/10
Enredo: 08/10 (Se forem revelados mais fatores que contribuem com a história, a nota pode aumentar)
Direção: 09/10
Entretenimento: 09/10
Soundtrack: --/10 (Eu costumo focar a Soundtrack em música tema e/ou OP, o que não teve na estreia)
Avaliação Geral: 8.5/10

Pra finalizar... O anime sobre Motos, hehe. Bakuon!!
Antes do episódio 1 foi lançado um OVA. Então... Vamo lá.
Quando comecei a ver o OVA, fiquei boiando... Mas depois deu pra entender um pouco. Enfim... O OVA foi um típico OVA mesmo. Uma história paralela. Mas através do OVA deu pra entender mais ou menos como seria o anime.
Mas saindo do OVA... vamo pro anime, hehe.
Bakuon!! Segue Sakura Hane. No primeiro dia de aula, Hane estava se esforçando para chegar a escola, com sua bicicleta. Então ela encontra sua colega de classe, Onsa, com uma moto. Hane passa a se interessar por motos, e juntamente com Onsa, elas entram no Clube de Motocicletas da Escola. Hehe.
Hane então vai pra auto-escola tirar sua tão desejada carteira. E ao decorrer da obra, mais garotas aparecem.
O Anime é até meio NonSense, e isso acaba dando um UP na comédia besteirol.
A estreia foi razoável. Não foi um anime que me agradou muito pela estreia. Mas creio que irei continuar aconpanhando. Só espero que melhore ao menos na comédia.
A animação foi de mediana pra boa. Eu até relevo isso, pois o tempo que eles podiam gastar deixando a animação de "pessoas" 100% fluida, eles gastaram na animação das Motos, o que deixou mais legal.
Tendo como temática, Motos, o Anime fez menções e referências a inúmeras matcas famosas, fabricantes de motocicletas. Muitas vezes, até mesmo o logotipo das empresas eram mostrados, e até mesmo modelos originais e/ou oficiais das Fabricantes eram expostas. No episódio vimos, Honda, Yamaha, Suzuki, Kawasaki, e acho que mais umas duas.
Um roteiro não muito bom. Não deu aquele Cliffhanger no fim do episódio.
Mas o anime em si era de fato, muito cômico. Me lembrou Ao no Kanata no Four Rhythm. Principalmente a Hane. O jeito da Hane lembra o da Asuka.
Vou acompanhar uns 3 episódios, e decido se continuo ou droppo.


Avaliações:
Animação: 8.5/10
Enredo: 7.5/10
Direção: 8.5/10
Entretenimento: 09/10
Soundtrack: --/10 (Não teve OP. :v)
Avaliação Geral: 8.5/10

Notícias de Animes, Mangás e Light Novels? Clique AQUI